A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

RAMOS, Raul ... Pereira  

( Pilar AL 14/7/1893 - Maceió ? AL 12/7/1945 ) Músico, compositor, bancário. Filho de Manuel Ramos de Araújo Pereira e Ana Rodrigues Acioli Pereira. Muitas das suas composições não chegaram a ser impressas, tais como Bendita Valsa, Funeral de Sogra, Katucha, Pas-de-Quatre, Tua Por Toda a Vida. A Valsa que Chora foi editada em 1914. Soluço Infinito, valsa para piano, com letra de Fernando de Mendonça, editada em Maceió, pela Litografia Trigueiros, em 1920. Muitos dos manuscritos de suas música sacras estão no IHGA, tais como : Ave Maria, Cor Jesus, Domine, Hino ao Sagrado Coração de Jesus, Ladainha, O Maria Concebida sem Pecado, Padre Nosso, Sicuterat.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Ricardo de Medeiros  

( Palmeira dos Índios  AL   04/01/1929  - São Paulo  SP 20/03/1992) Publicitário, professor, advogado. Filho de Graciliano Ramos e de Heloísa de Medeiros Ramos.  Primeiros estudos em Maceió, no Colégio Diocesano. Transfere-se para o Rio de Janeiro e se diploma em Direito pela Faculdade de Direito da Guanabara. A partir de 1948, colabora em revistas e suplementos literários. Jornalista, durante sete anos trabalhou na imprensa carioca. Redator das seções literárias  de Para-Todos, da Gazeta, do Diário de Notícias,  da Última Hora.Colaborou, também, no suplemento literário do  O Estado de São Paulo. Publicitário, em São Paulo, onde passou a residir em 1957, dedicou-se à propaganda comercial.  Redator-chefe, por quatro anos, da revista Propaganda. Professor de Redação,  da  Faculdade de Comunicação Social Anhembi, e de História da Propaganda, da Faculdade de Comunicação da Fundação Cásper Líbero.  Ao contrário do pai, que estreou na maturidade, publicou seu primeiro livro com 24 anos, em 1954. Membro da AAL, onde ocupou a cadeira 10. Patrono da cadeira 22 da APALCA.  Prêmios: Guimarães Rosa - IV Concurso Nacional de Contos, PR, 1971;   Jabuti - Câmara Brasileira de Livro, 1971; Câmara Municipal de São Paulo, 1962;  Associação Paulista de Críticos de Arte, 1974,  entre outros. Obras: Tempo de Espera, capa de Santa Rosa, Rio de Janeiro, Liv. José Olympio,  1954, (contos); Terno  de Reis,  capa e ilustrações de Darel, Rio de Janeiro, Liv. José Olympio Ed., 1957, Prêmio Prefeitura Municipal de São Paulo, 1957, (contos);Os Caminhantes de Santa Luzia, ilustrações de Otávio Araújo  e prefácio de J. Guinsburg, São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1959, Coleção Novela Brasileira/4, Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, 1959;Os Desertos, ilustração e capa de Percy Deane, São Paulo, Edições Melhoramentos, 1961 (contos ),  Prêmio Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras 1960/61 e Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, 1961; Rua Desfeita, José Álvaro Ed., Rio de Janeiro, 1963  (contos);Memória de Setembro, Livraria José Olympio Editora, Rio de Janeiro, 1968 (romance), Prêmio Coelho Neto, da Academia Brasileira de Letras, 1967/68;  Matar um Homem,  [ São Paulo] Ed. Martins,  1970 (contos), Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro e Prêmio Especial Guimarães Rosa, do Governo do Estado do Paraná; Circuito Fechado, Ed. Martins, São Paulo, 1972, (contos); As Fúrias Invisíveis, Ed. Martins, São Paulo, 1974, (romance); Contos Escolhidos, 1976 ( seleção de contos ); Toada para Surdos, Record, Rio de Janeiro, 1977, (contos);Os Inventores Estão Vivos, Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1980 (contos); 10 Contos Escolhidos, Horizonte, em co-edição com o Instituto Nacional do Livro/Fundação Pró-Memória, Brasília, [1983] ( contos );O Sobrevivente,  Global Editora, São Paulo, 1984; Os Amantes Iluminados, Rio de Janeiro, Rocco,  1988;   Pelo Amor de Adriana,São Paulo, Scipione, 1988, ; Desculpe a Nossa Falha,  São Paulo, Sipione, 1987 (contos);  Lembrança de Graciliano, in GARBUGLIO, J. C. et alii, Graciliano Ramos, São Paulo, Ática, 1987; Graciliano: Retrato Fragmentado,  São Paulo, Siciliano, 1992 ( memórias, obra póstuma);  Flipping, Oakland (CA), Floating Lótus,  1998;  O Rapto de Sabino,  1992 (juvenil); Arte Popular Pernambucana,  fotografias de Edmond Dansot, textos de Ricardo Ramos, Recife, Sistema Financeiro Brasileiro-Credibanco, [1982]. Sua obra foi traduzida para o inglês, o alemão, o russo e o espanhol. Participou de diversas antologias - chega-se a afirmar que em cerca de 200 -, destaca-se  em 20 Contos Brasileiros, edição norte-americana de R. Anthony Castagnaro;  colaborou em  periódicos. Com  Circuito Fechado  participou do livro  Contos Alagoanos de Hoje,  São Paulo, LR Editores Ltda/Maceió, Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas, 1982,  e para o qual fez a seleção, prefácio e notas  e as ilustrações são de Pierre Chalita;  As Roupas,  Revista da AAL, n. 04, p. 43-46 (conto); Os Inventores Estão Vivos,  Revista da AAL, n. 06, p. 61-67 (conto); Eu Fui à Fonte,  Revista da AAL, n. 07, p. 41-45 (conto); A Casa do Encantado,  Revista da AAL, n. 08, p. 75-81 (conto); Casados X Solteiros,  Revista da AAL, n. 09, pág. 25-30 (ficção); Um Guaraná Para o General,  Revista da AAL, n. 10, p. 32 (conto); Cosme e Damião,  Revista da  AAL, n. 11, p. 43-48 (conto); A Marca do Contista,  Revista da AAL, n. 12, p. 183-185(crítica);  Notícia,  Revista da AAL, n. 13, p. 109-111 (conto); Alma de Relojoeiro, Revista da AAL, n. 14, p. 269-272 (depoimento)  A Tonalidade Era Uma Escolha Sua,  Revista da AAL, n. 14, p. 336-338;  Patrimônio de Estima,  Revista da AAL, n. 15, p. 223-228 (discurso de recepção a Heliônia Ceres); com o conto  O Saxofone,  participou da  Antologia de Contistas Alagoanos,  organizada por Romeu de Avelar, Maceió, Departamento de Ciência e Cultura, 1970, p.255-264; e teve ainda este mesmo  conto  reproduzido em   Os Contos de Alagoas – Uma Antologia,  de Antônio S. Mendonça Neto,  Maceió, Ed. Catavento, 2001,  p. 259-270;  apresentou o  livro Noturno de Dó Maior,  de Heloísa Marinho de Gusmão Medeiros; Em sua área específica de trabalho publicou: Contato Imediato com a Propaganda,1987; Do Reclame à Comunicação – Pequena História da Propaganda no Brasil,  São Paulo, [Atual Editora],   1970 ; Um Estilo Brasileiro de Propaganda,  São Paulo, CBBA: LR Editores,  1983;  História da Propaganda no Brasil,  1982;  Memórias de Hollywood, organização de Julieta de Godoy Ladeira, São Paulo, Nobel, 1987, Ricardo Ramos [et al.];  Dez Contos Sobre o Trabalho/ João Justiniano da Fonseca  [et al], textos selecionados por Ricardo Ramos, São Paulo, Editora e Livraria Escrita,  1982; Cidade,  seleção e notícias biográficas de Ricardo Ramos, São Paulo, Ed. Scipione,  1990.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Vanda Ávila  

 ( Palmeira dos Índios AL 26/11/1937  - Maceió AL 25/12/2000) Geógrafa, advogada, professora. Filha de Clóvis Ramos e de Maria Gilza Ávila Ramos.  Iniciou seus estudos no Colégio Imaculada Conceição e foi uma das primeiras alunas do Colégio Cristo Redentor em Palmeira dos Índios, estudando lá até a 8ª série. Depois veio para o Instituto de Educação, em Maceió. Graduou-se em História e Geografia, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e em  Direito. Fez Mestrado em Pernambuco, na área de Geografia, em 1979, defendendo a dissertação  Equipamentos Urbanos em Cidades de Médio Porto: O Caso de Palmeira dos Índios. Nunca exerceu a advocacia. Foi professora nos colégios: Guido de Fontgalland, Professor Benedito Moraes, em Maceió; Colégio Pio XII, Colégio Sagrada Família, Colégio Francisco Cavalcante, Colégio Normal Monsenhor Macedo e na Escola Técnica de Contabilidade, todos em Palmeira dos Índios. Foi diretora do Ginásio Francisco Cavalcante, professora catedrática do Colégio Humberto Mendes e 1ª Coordenadora Regional de Ensino em Palmeira dos Índios. Durante o 7º Encontor de Geógrafos Brasileiros, em 1988, teve seu trabalho publicado pela AGB, em co-autoria, Laudo Técnico: Avaliação das Enchentes. Fez também um levantamento da Serra da Barriga para o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UFAL.  Professora da UFAL. Obra: Além da Conquista da Terra: A Sustentabilidade dos Assentamentos Rurais em Alagoas, Maceió, UFAL/Prodema, 1999, juntamente com Vinicius Nobre Lages.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANGEL, Armindo Ataíde  

( Passo do Camaragibe AL 9/9/ 1874 - Rio de Janeiro DF 1936 ) Poeta, jornalista, engenheiro. Filho de José Francisco do Rego Rangel e Flavia de Ataíde Rangel. Aos vinte anos deixou a terra natal, indo para o Rio de Janeiro. Diplomado em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro (1904). Foi engenheiro-chefe da Prefeitura do Distrito Federal. Obras.: Livro de Julieta, Rio de Janeiro, Pinheiro E. 1901 ( poesia ); Outros Poemas, Rio de Janeiro, Editorial Alba, 1933 (poesia); participou em antologias.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANGEL, Helder Cleber de Castro  

( ? ) Poeta. Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Pernambuco. Participou com Conversando e Compreender da Coletânea Caeté do Poema Alagoano., p. 104-105.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANULFO, Dom  

veja FARIAS, Dom Ranulfo da Silva


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAPOSO, Américo  

( ? ) Sócio correspondente do IAGA Publicou: A Arqueologia na Questão do Homem, Revista do IAGA, n. 10, dez. 1877, p. 271-283.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAPOSO, Antônio de Carvalho  

( ? ) Deputado provincial. Suplente de deputado provincial na legislatura 1846-47 e titular em 48-49, sendo novamente suplente em 56-57.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAPOSO, Clarissa Tenório Maranhão  

( Maceió  AL  23/05/1973 ) Escritora, professora, assistente social. Filha de Jarbas da Silva Maranhão e de Maria Tenório A. Maranhão. Ensino Fundamental no Colégio São José. Ensino Médio no Colégio Santíssimo Sacramento.  Graduação em Serviço Social pela UFAL, (1995). Especialização em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes pela USP ( 1998). Mestrado em Serviço Social, pela UFPE (2003). Doutoranda em Serviço Social pela UFPE. Formação em Dinâmica de Grupo no Centro de Crescimento Humano (1997). Atualização na Área de Violência Doméstica pela USP (1998). O Método em Marx pela UFPE (2002). Capacitação no Combate a Violência Infanto-juvenil pela Secretaria Coordenadora de Justiça e Defesa Social de Alagoas (2003).  Assistente social no SAS-Juvenópolis, 1995-2000; na PMM, 1998-2008. Professora na UFAL , 2004 e desde 2008. Professora na FAL, 2003. Assistente Social na SESAU, 2003-04 e na UNCISAL, 2003-08. Capítulos de livros: O Serviço Social e a Pós-Modernidade: Os Dilemas e os Desafios na Superação do “Fatalismo” e do “Messianismo” da Prática Profissional, juntamente com O. Coggiola, J. S. Martins, S. Jimenez et W. C. Gomes, Y. Guerra, C. Panigo, M. V. B. Amaral, E. Pimentel e C. T. M. Raposo, in Crise Contemporânea e Serviço Social, G. M. Costa, R. Prédes e R. Souza (orgs.), Maceió, EDUFAL, 2010, p. 167-190. Artigos em periódicos: A Política de Atenção Integral à Saúde do Adolescente e Jovem: Uma Perspectiva de Garantia de Direito à Saúde?, in Em Pauta (Rio de Janeiro), 2009, v. 6, p. 117-138.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAPÔSO, Áurea Luiza Quixabeira Rosa e Silva  

 ( Maceió AL  ) Escritora, arquiteta, professora. Filha de     Rosa e Silva e Enaura Quixabeira. Graduação em Arquitetura e Urbanismo, UFAL (1996) com o TCC: Parque Burle Marx, Unidade de Conservação do Pratagy: Projeto de Preservação e Recuperação da Área Pertencente à CASAL na Bacia Hidrográfica do Rio Pratagy. Graduação em Formação Pedagógica para Docentes, IFAL (2003) com o TCC: A Prática Pedagógica do Professor em Sala de Aula e Extraclasse: A Disciplina de Expressão Teatral. Especialização em Iluminação e Design de Interiores, UCB-RJ (2007) com o TCC: Iluminação, Design de Luminárias e Sustentabilidade: Redesenhando o Objeto de Luz Através do Ecodesign. Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, UFAL (2002) com a dissertação: A Internalização da Dimensão Ambiental na Administração Pública do Município de Marechal Deodoro, Alagoas. Doutorado em Engenharia Industrial, UFBA, desde 2010, com a tese: Ecologia Industrial e Ecodesign na Produção Moveleira: A Aplicação da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) em Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local (APL) de Móveis do Agreste, Alagoas. Curso de Formação de  Empreendedora na Educação Profissional, UFSC (2001). Capacitação de Agentes em Comércio Exterior, SENAI (2002). Projetos de Inovação Tecnológica, Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI  (2009). IDEAL - Arquitetura, Design e Cultura, Casa da Indústria de Alagoas -  CI-AL (2009). Consultora Ad Hoc, CESMAC (2008-09). Pesquisadora, INT, desde 2008. Professora do CEFET-AL (1998-2009). Professora no IFAL, desde 1998. Colaboradora na UnB???, desde 2010. Obra: Ecopráticas na EPT: Desenvolvimento, Meio Ambiente e Sustentabilidade, juntamente com Adriana Paula Santos Oliveira, V. Fartes, Maceió, F&A Gráfica e Editora, EDIFAL, 2011. Artigos em periódicos: Meio Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento: Ruptura Para o Novo Paradigma da Sustentabilidade, in Edutec Revista de Educação e Tecnologia do Cefet Al, Maceió, 2003, v. 01, p. 41-47; Design, Interdisciplinaridade e Contextualização, in Cadernos Temáticos, Brasília, 2006; v. 9, p. 59-60; Design, Interdisciplinaridade e Contextualização, juntamente com J. L. N. Maia, in Cadernos Temáticos Coletânea 2006, 2006, v. n. 9., p. LC-09-FEV-2006; Design em Catálogo Iconográfico: Os (Des)Caminhos da Imaterialidade, juntamente com R. V. Gaia, J. L. N. Maia, D. P. Vital, in Cadernos Temáticos Coletânea 2007, Jan. 2007,  v. Nº 13., p. 13; Design em Catálogo Iconográfico: Os (Des)Caminhos da Imaterialidade, juntamente com R. V. Gaia, J. L. N. Maia, D. P. Vital, in Cadernos Temáticos, 2007, v. I, p. 67-70 ???; O Relatório de Pesquisa: Bases Preliminares para Reflexão, juntamente com R. V. Gaia, in Revista Semente - Centro de Estudos Superiores de Maceió, 2008, v. 3, p. 151-155; Minialmanaque Cadeiras: Uma Experiência Interdisciplinar no Curso de Design de Interiores, juntamente com R. V. Gaia, in Cadernos Temáticos Coletânea, Jan. 2008, v. Nº 18., p. 18; Design de Interiores e Exposições Temáticas, juntamente com M. L. Chagas, in Cadernos Temáticos Coletânea 2008, Jan. 2008, v. Nº 18., p. 18; Minialmanaque Cadeiras: Uma Experiência Interdisciplinar no Curso de Design de Interiores, juntamente com R. V. Gaia, in Cadernos Temáticos (Impresso), 2008, v. 18, p. 86-89; Design de Interiores e Exposições Temáticas, juntamente com M. L. Chagas, in Cadernos Temáticos (Impresso), 2008, v. 18, p. 75-77; Signos do Design de Interiores: Interfaces Entre Uso, Consumo e Arte, juntamente com R. V. Gaia, P. S. Lins, M. Cavalcante in Signos do Consumo, 2010, v. 2, p. 108-127; Ecodesign e Consumo: Pesquisa Sobre o Mercado Para Mobiliários em Garrafas PET Recolhidas, juntamente com Júlio C. Augusto da Silva, Marcos H. Garamvolgyl, I. N. Ferreira, in Revista INGEPRO, 2010, v. 2, p. 12-19. Desenho de capas de livros:Lúcio Cardoso: Paixão e Morte na Literatura Brasileira, 2004; Miradas Literárias: Leituras de Textos Brasileiros, 2004; Sonata de Outono para Corda Doloridas, 2004; Razão Mutilada: Ficção e Loucura em Breno Accioly, 2005; Angústia: 70 Anos Depois, 2006; Dicionário Mulheres de Alagoas Ontem e Hoje, 2007; A Forma Soneto, 2007; Bilíngue do Traje ao Ultraje/Du Vêtu Au Dévêtu, 2009; Ética Ambiental: A Atitude Humana em Debate, 2009; Sertão Global, 2010; A Política na Mídia e a Mídia Política, 2011.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

1 . 2 . 3 . 4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9